Jul 29 • 3M

Tá todo mundo tentando: fazer newsletter

Palavras importam.

45
29
 
0:00
-3:27
Open in playerListen on);

Appears in this episode

Gaía Passarelli
Uma newsletter sobre o mal-estar da vida na São Paulo dos anos 2020 | por Gaía Passarelli -> http://gaiapassarelli.substack.com
Episode details
29 comments
Para ouvir lendo: “Signed, Sealed, Delivered” (claro). Ouça no Tidal ou no Youtube.

Eventos online sobre criação de newsletter, novas plataformas para publicar newsletters, masterclasses e palestras sobre newsletter, newsletters super populares com mais de cinco milhões de leituras/mês, newsletters de influs com patrocínio de marca de coméstico, newsletter-sobre-newsletter, a newsletter da J.Lo — sinais, fortes sinais.

De quê, exatamente? De uma bolha peculiar. Apesar dos contornos comerciais meio difusos, as newsletters estão aí demais. E não é novidade: elas existem desde que o email é email (faz tempo) sempre tão versáteis que são difíceis de definir.

Uma newsletter pode ser qualquer coisa enviada para listas de email? Sim. Mas não. O que difere newsletter de email marketing é o conteúdo — pelo menos na teoria, uma newsletter é algo mais autoral e/ou noticioso, enquanto email marketing é venda/anúncio de produto/serviço. Mas newsletters às vezes vendem, e email marketing às vezes informa.

De qualquer forma, as newsletters de que estamos falando, as newsletters que eu sigo, são na maioria newsletters ”de conteúdo autoral”, que seguem boas práticas anti-spam e normalmente tem como autor uma pessoa física e uma temática bem definida. Como a da Flavia Schiochet, que escreve a fogo baixo, sobre comida (e outras coisas mais, porque comida é muita coisa). Como a Radinho, a newsletter sobre podcasts que a Natalia Silva acabou de estrear. Como a Bits to Brands, da Bia Guarezi, sobre branding e tecnologia. Como as newsletters que indiquei semana passada.

Meu email está cada vez mais cheio de newsletters como essas, e outras, num processo que acho parecido com o que aconteceu nos tempos áureos da blog house e do Google Reader: todo dia aparece algo novo pra seguir por alguém que tem voz e interesses próprios para compartilhar. E eu sofro um pouco com fomo, mas acho ótimo todos os dias ter algo novo para investigar — principalmente porque não preciso abrir o Instagram pra isso, porque estou lendo algo que escolhi receber.

A nova bolha de newsletter é uma mistura de prazer de leitura com falência de algoritmo. Tem a ver com a insatisfação com redes sociais, mas não só: existe uma necessidade genuína de se expressar de outra forma. De forma escrita (às vezes narrada). Pelo menos por aqui as newsletters são, ainda baseadas em palavras.

E palavras, você sabe, são importantes.

Não é, então, inesperado que o ambiente-newsletter seja o lugar onde mais me sinto escritora. Perdi o bonde dos blogs de escritores e escritoras dos anos 00, que nos deu tantos nomes da literatura brasileira contemporânea. Eu já estava na internet, mas estava escrevendo outras coisas, de outro jeito. E, agora, vinte anos depois. é essa mesma prática de escrever todos os dias e repartir algo toda semana que determina: sou escritora, escrevo palavras.

Tiago Lacerda

Pra terminar: sinto falta de outras temáticas de newsletters. Newsletters de arte, de quadrinhos, de filmes, de sei lá mil coisas.

me indique uma newsletter

Você sabia que a Tá Todo Mundo Tentando tem uma newsletter-filha? Chama Guia Paulicéia e é um guia de coisas para fazer em São Paulo enviado todas as sextas de manhã. Você pode assinar aqui.

🏠 Pequeno Guia Notável de Pinheiros

Oferecimento da Refúgios Urbanos, uma imobiliária feito por (e para!) amantes da arquitetura #publi

Essa semana rolou em São Paulo o lançamento do “Pequeno Guia Notável de Pinheiros", uma realização da Refúgios Urbanos com a empresa de arquitetura e urbanismo Metrópole 1:1 que mapeia e presta homenagem a esse que é o bairro mais antigo da cidade — e que está em momento de profunda transformação.

A post shared by Refúgios Urbanos (@refugios_urbanos)

Com linha do tempo, fotografias e ilustrações, o “Pequeno Guia Notável” serve tanto como um registro de um Pinheiros que não existe mais como um tutorial de comércios e arquitetura interessante do bairro hoje. Estão ali prédios como o Odete, na Fradique Coutinho, a Escadaria Bailarinas, ligando as ruas Cardeal Arcoverde e Alves Guimarães, e os restaurantes bacanas da Rua dos Pinheiros.

Você pode baixar, de graça, a versão digital em PDF.

📚 estou lendo

Importante: os links abaixo são para vendas dos livros em livrarias independentes, para os sites das próprias editoras e/ou dos autores. Eu não ganho nada caso uma venda seja realizada através desses links — mas as livrarias, as editoras e os autores, sim ;)

Flaneuse - Lauren Elkin

Esse livro lindo chegou aqui essa semana e a vontade é parar tudo pra mergulhar na leitura – algo que vou fazer no fim de semana. Me interessa tanto a autora (se você gosta da Jia Tolentino vai adorar a Lauren Elkin) quanto o tema: flanar, essa atividade meio indecifrável que é uma mistura de caminhar a esmo com observar lugares e pessoas. Em “Flaneuse", Elkin caminha por Paris, Nova York, Tóquio, Veneza e Londres, misturando sua experiência com a de autoras como Virginia Woolf e Martha Gellhorn. Está em pré-venda na Dois Pontos.

Elena Ferrante, uma longa experiência de ausência - Fabiane Secches

O livro é de 2020 mas eu só cheguei nele agora, talvez motivada pelo hiato entre temporadas de “A Amiga Genial” da HBO. Nele, a autora, que organiza um clube de leitura que une literatura e psicanálise, mergulha nas muitas referências e temáticas dos romances de Elena Ferrante, incluindo obras anteriores à quadrilogia como o excelente “Dias de Abandono". História napolitana, mitos gregos, Beauvoir e "Fausto” aparecem em uma leitura que conquista pela linguagem fácil e tom coloquial, longe de academicismos. A Marie Claire Brasil publicou um ótimo relato da Fabiane sobre sua relação com a obra de Ferrante, na ocasião do lançamento. Compre no site da editora.

Bendita seja a filha criada por uma voz em sua cabeça - Warsan Shire

Primeira compilação de poemas da autora queniana, colaboradora de Beyoncé em "Lemonade” e no musical “Black is King", uma escrita marcada pela experiência de ser uma jovem mulher negra em um mundo hostil. Lançamento em agosto, já em pré-venda no site da editora.

A post shared by Companhia das Letras (@companhiadasletras)

Um país terrível: um romance sobre a Rússia - Keith Gessen

Parte do pacote de lançamentos de julho da Todavia, esse é um romance sobre tentar voltar para casa, sobre inadequação e sobre um país em ebulição. Gessen nos guia na viagem de Andrei. um russo que mora em NY desde criança, ao seu país natal, para cuidar da avó doente, criando um cenário que ajuda a entender um pouco do que é a tal “alma russa". Compre aqui.

dicas de livros da semana passada

🎙️ estou ouvindo: Crime e Castigo

Se você também ficou impressionada com a repercussão de “A Mulher da Casa Abandonada", você precisa ouvir “Crime e Castigo".

A produção da Rádio Novelo pintou logo após o sucesso do “Praia dos Ossos", motivada pela reação de parte da audiência. Em seis episódios, as idealizadoras Branca Vianna, Flora Thomson-DeVeaux e Paula Scarpin passam por diferentes casos do judiciário brasileiro para tentar responder: o que é justiça?

💡  vem aí: curso A Vida do Livro

O ciclo completo da produção de um livro é algo misterioso para a maioria de nós, leitores, e é o assunto desse curso elaborado pelo Daniel Lameira, uma das pessoas à frente da Antofágica, editora que vive aparecendo aqui na TTMT. Pensado ao longo de dois anos, o curso é resultado da trajetória de Lameira dentro do mercado editorial e conta com 24 participações de representantes das diferentes partes do processo de produção de um livro. Começa em setembro e leitores da TTMT têm desconto na matrícula.

Siga o link abaixo:

matricule-se por R$539,10

A post shared by Daniel Lameira (@daniel_lameira)

compartilhe a ttmt

💌 leia também

Tá Todo Mundo Tentando
Tá todo mundo tentando: escrever
Pra ouvir enquanto lê: “Pretty in Pink” do Psychedelic Furs, ando muito em contato com minha gen-x interior e adoro essa guitarra, esse filme e o Duckie Dale <3 Spotify/Youtube Nos comentários da publ…
Read more
Tá Todo Mundo Tentando
Tá todo mundo tentando: ter um diário
🎶 para ouvir lendo: “True Love Tales”, do ótimo “Joined Up Writing”, da Anne Clark – pirei muito nela quando descobri esse disco já nos anos 1990. O não-cantar, as batidas secas, as letras filosófi…
Read more
Tá Todo Mundo Tentando
Tá todo mundo tentando: criar manhãs tranquilas
Pra ouvir enquanto lê: “These Days” da Nico. Há alguns anos tento abraçar a rotina de acordar cedo para atrasar com calma. É um gosto que não veio naturalmente, sempre tive que lutar pra acostumar a m…
Read more

leia todas as edições da ttmt